APOSTOLADO DA Oração
(Rede Mundial de Oração)
 
Comissão Paroquial para o Laicato e para a Ação Missionária e Cooperação Intereclesial

Marli Godoy Encenha

Coordenadora Paroquial

 

Pe. Javier Martínez Pascual, FAM

Assessor Paroquial

A REDE MUNDIAL DE ORAÇÃO do Papa é uma obra pontifícia cuja missão é rezar e viver os desafios da humanidade e da missão da Igreja que preocupam o Santo Padre, expressos nas suas intenções mensais. O Documento de Recriação foi aprovado em dezembro de 2014 e em 2016 o PAPA solicitou uma atualização dos Estatutos. Em junho de 2017, foi entregue ao Santo Padre uma primeira versão dos Estatutos do Apostolado da Oração como REDE MUNDIAL DE ORAÇÃO DO PAPA, incluindo também o MEJ (MOVIMENTO EUCARÍSTICO JOVEM). No início de 2018 foi entregue uma nova versão dos Estatutos. "O Santo Padre, em 27 de março de 2018, constituiu a REDE MUNDIAL DE ORAÇÃO DO PAPA (APOSTOLADO DA ORAÇÃO).


Programação Paroquial mensal do Apostolado da Oração:

1ª SEXTA-FEIRA DO MÊS

Hora Santa e reunião - 18h
Missa dedicada ao Sagrado Coração de Jesus - 19h

LOCAL: Matriz

 
Renovação Carismática  Católica
(RCC)
Comissão Paroquial para o Laicato e para a Ação Missionária e Cooperação Intereclesial

Juliana da Silva Carvalho

Coordenadora Paroquial

 

Pe. Marcos Antônio da Silva, FAM

Assessor Paroquial

A Renovação Carismática Católica (RCC) é um movimento de leigos que busca viver os Dons e Carismas do Espírito Santo como em Pentecostes. Tendo como base de atuação os Grupos de Oração que estão presentes nas Paróquias e Comunidades.

Este movimento nasceu na Igreja por volta de 1967 em um retiro espiritual na Universidade de Duquesne (Pittsburgh, Pensylvania, EUA) e está presente em nossa Paróquia há mais de 30 anos.

Em todas as comunidades, em que há Grupo de Oração já estruturado, a Comunidade é convidada a se reunir semanalmente para juntos meditarem a palavra, louvarem, orarem a Deus clamando os dons do Espírito Santo e a vivenciarem juntos os carismas, ajudando a Comunidade buscar uma vida nova segundo o mesmo Espírito.

Além dos encontros semanais nas comunidades, também nos reunimos em eventos como: Rebanhão, Cenáculos, Experiências de oração, Seminários de vida, Aprofundamentos de Dons entre outros.

 

Na Comunidade Matriz Imaculado Coração de Maria acontece também a Missa de Cura e Libertação toda 4ª Sexta-feira do mês às 19h30.

Verifique abaixo os dias dos grupos de oração em nossas Comunidades e participe:

1) SANTUÁRIO CRISTO AMOR MISERICORDIOSO (Bairro Sta Tereza)
    SEGUNDA-FEIRA - 19h30

2) NS SENHORA DA ESPERANÇA - (Bairro Jd. Esperança)
     TERÇA-FEIRA - 19h30

3) IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA (Matriz) -  (Bairro Jd. Universo)
     
QUARTA-FEIRA - 19h30

4) SÃO FRANCISCO DE ASSIS - (Bairro Jd. Layr)

     QUARTA-FEIRA - 19h30

 
ASSOCIAÇÃO DOS Leigos
DO AMOR Misericordioso (ALAM)
Comissão Paroquial para o Laicato e para a Ação Missionária e Cooperação Intereclesial

Irani Claudia N. C. Rodrigues

Coordenadora Paroquial

 

Irmã Idilene Pieretti Berton, SAM

Assessor Paroquial

Tomie - Secretária 

Nadim - Tesoureiro 

São seculares que participam, segundo seu próprio Estatuto da espiritualidade e da missão da Família do Amor Misericordioso.

Estatuto – Seguindo as normas do direito canônico (can. 321. 326) é uma associação pública de fiéis leigos que participam, conforme sua vocação especifica, do carisma, da espiritualidade e da missão da Família religiosa do AMOR MISERICORDIOSO, fundada por Madre Esperança de Jesus e que engloba duas congregações: SAM (Servas do Amor Misericordioso) e FAM (Filhos do Amor Misericordioso). A associação é regida pelo presente Estatuto e pelo regulamento (cf. can. 304 &1). Esta Associação promove e favorece a santidade da vida cristã nos leigos, vivendo com maior intensidade e compromisso a vocação batismal.

São chamados a anunciar e testemunhar em sua vida pessoal e familiar, como também, na paróquia e na Diocese, o Evangelho do Amor e da Misericórdia que Jesus Cristo proclamou de uma maneira particular aos pobres e necessitados.

- tendo uma particular atenção para com as pessoas em dificuldades.

- assumir as atividades apostólicas conforme o plano pastoral da Paróquia e da Igreja local.

- ajudando os sacerdotes na ação pastoral e nas diversas obras de caridade.

Para realizar esta missão, cada membro da Associação esforçasse-a em ser instrumento da misericórdia de Jesus para com cada pessoa, de maneira concreta, generosa e gratuita. Assim favorecerá o advento da “civilização do amor”, a única que faz os homens mais humanos, superando todo o tipo de egoísmos.

 

Contamos aproximadamente hoje com 45 associados, ativos, num total de 60, que engloba outras paróquias na Diocese de Mogi das Cruzes, SP.

Disse a Madre Esperança“Que todos conheçam a Deus não como Pai ofendido pelas ingratidões de seus filhos, e sim, como bondoso Pai que busca, por todos os meios, a maneira de confortar, ajudar e fazer felizes os seus filhos, e que os segue e busca com amor incansável como se ele não pudesse ser feliz sem eles”.

Coordenação local - Mogi das Cruzes, SP.

 
TERÇO DOS Homens
Comissão Paroquial para o Laicato e para a Ação Missionária e Cooperação Intereclesial

Pe. Marcos Antônio da Silva, FAM

Assessor Paroquial

A missão do Terço dos Homens é resgatar para o seio da Igreja de Cristo, homens de todas as idades, pois a presença masculina na Igreja é imprescindível para a formação da família e de uma sociedade cristã.

 

“O Terço dos Homens é um exemplo de fé e devoção.”

 
Pastoral do Dízimo
Comissão Paroquial para o Laicato e para a Ação Missionária e Cooperação Intereclesial

João Batista de Araújo

Coordenador Paroquial

Pe. Javier Martínez Pascual, FAM

Assessor Paroquial

Oração do Dizimista

Senhor, sei que há horas para pedir. E há horas para receber e doar.
Que eu saiba tanto pedir e receber,como  também  doar.
Tudo que receber é dom do teu amor.
Tudo que pedir é por que confio em ti.
Tudo que doar é porque quero aprender a amar.
A minha oferta ao teu altar vale mais que um Hino de Ação de Graças.
É um ato de amor e de fidelidade a Ti e a Igreja.
Quero aprender a ser DIZIMISTA e não apenas

dar uma oferta.
A oferta é para alguém que precisa.
O Dízimo é para alguém que eu amo.

Amém

Oração à Ns Sra do Dízimo

“Ó Maria, gloriosa mãe de Deus, ergue-se a vós

a nossa oração.

Que a sua fidelidade a Deus e ao seu projeto de salvação, Conceda-nos a graça de sermos fiéis no dízimo,

Para colaborar com Deus, com a Igreja e com os pobres,

E construir uma unidade concreta para suportar as adversidades e dificuldades desta vida.

Queremos que a Palavra de Deus explicada ao povo,

Faça-o cada vez mais devoto de Nossa Senhora 

E comprometido com o dízimo e a oferta. 

Amém

thumbnail_image.png

A Pastoral do Dízimo tem como meta de trabalho, a Conscientização da comunidade sobre o verdadeiro sentido do Dízimo e a Implantação de comunidades, ou seja, forma comunidades, mostrando a comunidade que a Pastoral do Dízimo na Igreja Católica do Brasil auxilia o caminho no crescimento espiritual e na sustentação econômica da Igreja.
 

“Dízimo é partilha dos sofrimentos e cria espírito de solidariedade com os irmãos”.

O que é o Dízimo?

 

São perguntas que muitos fazem: “Quanto devo pagar”? “O que é o dízimo”? “Como devo contribuir”?
É bom esclarecermos, de início, que dízimo não se paga. Com o dízimo se contribui. Quando pensamos dessa forma, até a linguagem muda de aspecto. É bom utilizarmos a linguagem da Bíblia para falar sobre o dízimo.
A Bíblia fala em trazer o dízimo. O Dízimo é dízimo porque o Senhor assim o quis.
Dízimo vem de 10% daquilo que se ganha mensalmente.
Dízimo é simplesmente uma questão de fazer a experiência com Deus.
Dízimo é comunhão e partilha, mas, para chegar a isso, é necessário educar a fé.
A Pastoral do Dízimo é uma Pastoral que auxilia na divulgação e na importância do Dízimo para a Comunidade de Fé e Vida.

 

“Todos tinham tudo em comum e repartiam seus bens entre os necessitados” (At 2,44-45).

É dever de todos agradecer a Deus, e o primeiro sentimento necessário para oferecer o Dízimo é, portanto, a nossa gratidão a Deus. E Deus nos chama a viver integralmente a Partilha no Evangelho, que se expressa também no Dízimo ofertado.

 

“O Dízimo é força comunitária, é compromisso com a vida, é testemunho de fé que se traduz 
na Partilha Consciente.”

 

O Dízimo é uma doação regular e proporcional aos rendimentos do fiel, que todo batizado deve assumir. É uma forma concreta que o cristão tem para manifestar a sua fé em Deus e o seu amor ao próximo, pois é por meio dele que a Igreja se mantém em atividade, sustenta seus trabalhos de evangelização e realiza muitíssimas obras de caridade e assistência aos menos favorecidos. Pelo dízimo, podemos viver as três virtudes mais importantes para todo cristão: a fé, a esperança e a partilha através do amor-caridade, que nos levam mais perto de Deus. O dízimo é um compromisso. Representa a nossa vontade de colaborar, de verdade, com o Projeto Divino neste mundo. 


“Todos os dízimos da terra – seja dos cereais, seja das frutas – pertencem ao Senhor; são consagrados ao Senhor.” (Levítico 27:30)

A partir do documento 106 elaborado pelo Conselho Permanente da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil), o Dízimo passa a ter quatro dimensões, sendo elas: Religiosa, Eclesial, Missionária e Caritativa. Seja um “DIZIMISTA” em sua Comunidade para que a nossa Paróquia Imaculado Coração de Maria possa estar desenvolvendo os trabalhos de evangelização atendendo as 4 dimensões do Dízimo.

 
Santas Missões  Populares
(COMIPA)
Comissão Paroquial para o Laicato e para a Ação Missionária e Cooperação Intereclesial

 

 

Pe. Javier Martínez Pascual, FAM

Assessor Paroquial

O que são as Santas Missões Populares (COMIPA)?

 

As Santas Missões são uma experiência profunda e viva de Deus no coração das massas. É um jeito, uma iniciativa que uma comunidade toma para firmar e fortalecer a sua própria fé e, também, uma maneira de se conscientizar: um jeito novo de evangelizar hoje. “O nosso batismo nos põe em movimento. A nossa vida é para ser gasta em direção dos outros: Ide pelo mundo inteiro”.

 

A Missão quer atingir e envolver todas as pessoas da PARÓQUIA, por isso, ela é comparada a um MUTIRÃO DE EVANGELIZAÇÃO, quer, também, contribuir com as várias iniciativas de formação e preparação de missionários e missionárias na Paróquia e assim responder ao mandato de Jesus Cristo: “Vão e façam com que todos os povos se tornem meus discípulos”. (Mt 28,19)